Arquivos do Blog

iPhone 4S: estou decepcionado

Direto ao ponto: eu estou um pouco decepcionado com o iPhone 4S. Eu esperava mais. Minhas expectativas eram altas. Eu queria algo mais do que especial, basicamente porque eu estou esperando isso há muito tempo. Há. Muito. Tempo.

O que eu esperava e não vi hoje? Um novo hardware, primeiramente. Design é importante. E a Apple sempre foi uma empresa orientada pelo design. Quando o lançamento do iPhone 4S foi atrasado para o fim do ano, isso só aumentou a expectativa de que algo bem diferente viria. Em vez disso, ele é essencialmente idêntico.

Eu esperava algo ousado e interessante em termos visuais. O iPhone 4 era isso quando ele foi lançado. Assim como foi o iPhone original e o iPhone 3G. Se eu for comprar um novo smartphone, é claro que eu quero algo que pareça novo. Porque é óbvio que nós nos importamos com design. Se não, todos nós continuaríamos andando com um tijolo no bolso, com duração de bateria de 12 dias.

E nós nos importamos bastante com design. Nós queremos coisas que pareçam novas e notáveis. Mas se você comprar um iPhone 4, você está se comprometendo com um design antigo por dois anos (pelo menos nos EUA). Como a Apple não atualizou o design do aparelho, isso significa que quando você estiver no meio do contrato, o design do aparelho terá três anos de idade. E isso é uma vida toda quando estamos falando sobre gadgets. Pense bem, o iPhone original começou a ser vendido a cerca de quatro anos atrás.

E ainda temos o problema de rede. Eu ainda esperava que ele viesse com LTE. Eu sei, eu sei. Eu conheço bem a história da Apple e entendo por que ela não lançará um aparelho com LTE até o tempo em que as pessoas possam ter vantagens reais com isso, sem atrapalhar o preço e a performance. Mas se eu vou ficar com esse aparelho por mais dois anos, seria bom que ele tivesse 4G.

Já faz dois anos desde a última vez que eu comprei um iPhone. Eu fiquei com o iPhone 4 porque eu queria sair de meu contrato com a AT&T. Quando o velho iPhone 4 chegou na operadora Verizon, eu não senti vontade alguma de mudar.

Assim, eu decidi esperar pelo iPhone 5. E esperei. Esperei muito. E em vez dele, recebi um iPhone 4S. Quê?

Veja bem, há um monte de coisas bacanas no iPhone 4S. A câmera de 8MP transformará minhas fotos preguiçosas e idiotas em arte pura. Como pai de primeira viagem, estou super empolgado com a velocidade maior do obturador, que talvez se mova tão rapidamente quanto uma criança. O vídeo em 1080p também é fantástico. Eu curti muito o lance das antenas CDMA e GSM porque eu viajo bastante. E eu também adoro o processador A5.

Mas não era isso que eu estava esperando.

Siri? Será provavelmente uma das coisas mais animais que eu usarei em minha vida. Assim como o Facetime, que fica sentado no canto da tela do meu iPad 2 esperando que eu um dia o abra novamente. As notificações são ótimas, principalmente com os poderes de localização. Mas eu já conseguia fazer notificações baseadas em localização no Android desde que o G1 saiu, em 2008. Claro, o iCloud parece relativamente sensacional, mas eu continuo confiando na habilidade da Apple de ferrar com tudo relacionado a internet. (Apple: Internet apps :: Google: Social apps).

E além do mais, isso é tudo software. Claro, pode ser software que depende do hardware, mas continua sendo software. Eu tenho sérias dificuldades de ficar muito empolgado com software.

Não se engane, a Apple vai vender milhões desse iPhone. Pô, eu comprarei um, sem dúvida. Mas farei de forma relutante. Pela primeira vez em minha memória recente, eu saio de um anúncio de hardware da Apple sem empolgação. E apesar de entender que o dia do iPhone 4S chegou, eu já estou pensando no futuro.[gizmodo]

Apple convida: Venha conhecer nossa última criação

Ontem, dia 18 de Janeiro de 2010, algumas das maiores empresas de tecnologia e algumas outras centrais de jornalismo como a CNN receberam um convite especial da Apple:

Apple Last Creation

No impreso, vemos o símbolo da empresa sobre gotas de tinta e uma única frase: “Venha ver nossa última criação.” O evento vai acontecer no próximo dia 27 de Janeiro de 2010 em San Francisco às 16h, horário de Brasília.

Com certeza, se você está antenado com as novidades, um alarme tocou na sua cabeça: O NOVO TABLET! Pois saibam que nada foi confirmado ainda, mas o histórico de lançamentos da empresa mostra que alguma coisa muito boa vem por aí.

Além dos rumores do novo iTablet, com uma super tela sensível ao toque, alguns estão cogitando o lançamento do suposto iPhone 4G, com tela de LED, câmera de 5 megapixels traseira e uma webcam frontal.

O que será realmente lançado nesse dia, só vamos saber no dia 27. A não ser que algo “respingue” por aí…

fonte: guanabara.info

%d blogueiros gostam disto: