Arquivo da categoria: Nerdices

Como é ler em um iPad

Ler é um negócio bem importante no iPad, como eu previa e queria. Mas então, como é a experiência de leitura nele? É muito diferente do Kindle? Temos um vídeo para mostrar.

Campus Party 2010, maior evento nerd do Brasil, está de volta

Começou a Campus Party e a minha barraca está armada

Apple convida: Venha conhecer nossa última criação

Ontem, dia 18 de Janeiro de 2010, algumas das maiores empresas de tecnologia e algumas outras centrais de jornalismo como a CNN receberam um convite especial da Apple:

Apple Last Creation

No impreso, vemos o símbolo da empresa sobre gotas de tinta e uma única frase: “Venha ver nossa última criação.” O evento vai acontecer no próximo dia 27 de Janeiro de 2010 em San Francisco às 16h, horário de Brasília.

Com certeza, se você está antenado com as novidades, um alarme tocou na sua cabeça: O NOVO TABLET! Pois saibam que nada foi confirmado ainda, mas o histórico de lançamentos da empresa mostra que alguma coisa muito boa vem por aí.

Além dos rumores do novo iTablet, com uma super tela sensível ao toque, alguns estão cogitando o lançamento do suposto iPhone 4G, com tela de LED, câmera de 5 megapixels traseira e uma webcam frontal.

O que será realmente lançado nesse dia, só vamos saber no dia 27. A não ser que algo “respingue” por aí…

fonte: guanabara.info

Ilustração bizarra levou quatro anos para ser feita no Microsoft Paint

O viciado em Microsoft Paint scorpiongold (seu nome de usuário no YouTube) passou quatro anos criando essa “obra-prima”. Com 2,5 x 2,3 m, é mais do que uma mera pintura – é um mundo inteiro, cheio de personagens mágicos e fantasiosos. Sério, quatro anos.

Quix – Os seus favoritos vitaminados

Muitos de nós temos na nossa lista de favoritos do browser um ou mais atalho especial, para uma qualquer função especial. Mostrámos aqui no Peopleware exemplos desse atalhos. Lembram-se da pesquisa do dia do Google? E existem muitos mais espalhados pela Internet.

Mas por estarem espalhados começamos a ter a nossa lista de favoritos cheia. A ideia era conseguir reunir todos esses atalhos numa única interface e até se possível disponível num único atalho.

É então hora de conhecerem o Quix. Aqui têm os atalhos mais conhecidos reunidos debaixo de um favorito único!

Muitos de nós temos na nossa lista de favoritos do browser um ou mais atalho especial, para uma qualquer função especial. Mostrámos aqui no Peopleware exemplos desse atalhos. Lembram-se da pesquisa do dia do Google? E existem muitos mais espalhados pela Internet.

Mas por estarem espalhados começamos a ter a nossa lista de favoritos cheia. A ideia era conseguir reunir todos esses atalhos numa única interface e até se possível disponível num único atalho.

É então hora de conhecerem o Quix. Aqui têm os atalhos mais conhecidos reunidos debaixo de um favorito único!

http://vimeo.com/8540763

Leia o resto deste post

Avatar vs Modern Warfare 2: a batalha dos lucros bilionários!

Avatar, o próximo rei do cinema, versus Modern Warfare 2, o rei dos videogames. Este infográfico dá uma ideia do “tamanho” das cifras envolvidas com ambos, além de Titanic, Guitar Hero III e World of Warcraft como base de comparação. A maior surpresa é descobrir que Modern Warfare gastou significativamente mais com publicidade do que Avatar.

fonte: [Business Management]

WordPressMicrosoft descobre que reduzir o preço do software faz pirataria cair

Ontem bati um longo papo com executivos da Microsoft, da área do Office. Eles disseram quão impressionante foi a guinada nas vendas depois da redução de preço em abril de 2008, quando a edição Home & Student do Office 2007, com 3 licenças, passou a ser vendida abaixo da mágica barreira de R$ 200. “As vendas mais que duplicaram em volume depois do corte!”, comentou um deles. Eu nunca imaginei que as pessoas comprariam mais um produto se ele fosse mais barato.

Isso não quer dizer que a pirataria tenha dado sinais de que vai acabar, longe disso. Eles estimam que 60% das cópias do Office rodando no Brasil sejam piratas. A Microsoft usa muito o termo “vítima de pirataria”, e me relataram que é bastante comum pessoas reclamando que pagaram software original mas receberam um piratão. Os reclamantes apresentam nota fiscal e tudo. O lance é que o pessoal que compra micros montados no mercado cinza paga X pelo hardware e Y pelo software. Mas como ninguém acompanha a instalação, acabam levando Jack por lebre.

É claro que é fácil a gente falar para as empresas simplesmente “vendam mais baixo” e apontar para obviedades econômicas: mais gente compra quando o preço é menor. Mas a verdade é que a realidade tributária brasileira é muito, muuuito particular. O pessoal da Microsoft diz que é difícil até explicar internamente para os americanos como que o preço do Windows aqui é tão alto. A matemática dos americanos é: fabricante vende pro varejo e ganha 6% ou 7% sobre o custo, varejista vende ao público final e ganha mais 6% ou 7%, na boca do caixa é registrado um imposto sobre vendas, que é basicamente todo o imposto pago no processo produtivo. Aqui a gente tem bem mais siglas no processo.

Ok, ok. A vida é difícil. Mas se a cópia do Microsoft Home & Student custa US$ 149 nos EUA e R$ 149 a R$ 199 aqui, por que não fazer mais dessa mesma conversão no preço do Windows 7, por exemplo? Eu não sabia o preço do Office lá fora e esqueci dessa pergunta na hora. Damn.

Mas de qualquer forma eu me fingi de surdo durante a explicação do “custo Brasil” e perguntei quando que eles iriam estender a história de “uma cópia, 3 licenças” do Microsoft Office para o Windows, que já rola em diversos países. Sabemos que o Windows 7 tem preços comparativamente caros no Brasil e uma medida assim poderia dar uma guinada semelhante nas vendas do Windows 7. A resposta: “a Microsoft está estudando os outros modelos, de verdade”. Não tão animador, mas já é melhor do que “não temos qualquer previsão”, que é a resposta padrão à pergunta “E quando a Xbox Live vêm ao Brasil?”

Mesmo que não use muito, acho R$ 199 (ou R$ 149, em promoções), um preço bastante razoável, dada a aplicabilidade da família de aplicativos. E parece que a Microsoft ganha dinheiro com isso – o Office 2010 custará o mesmo tanto. Fato é que eu gostaria de repetir o título “empresa X descobre que reduzindo o preço vende mais” todo dia.

fonte: Gizmodo

EjectUSB 1.6 – Feche e remova em segurança

É cada vez mais popular a utilização de aplicações que estão armazenadas na nossa PenUSB. Ainda ontem falámos aqui numa sistema de defesa dos dados contidos nestes dispositivos de armazenamento. São as versões portáteis que estão na moda e mostram grande utilidade, pelo menos estão sempre à mão!

//
Podemos ter quase tudo carregado e funcional a partir da penUSB. Há no entanto cuidados que não devemos negligenciar: devemos desligar a mesma fazendo o processo correcto para libertar o dispositivo em segurança da porta USB do computador.

Então, para ajudar à carga de trabalhos que é desligar tudo e ir embora, sugiro-vos o EjectUSB.

Mas o que faz esta aplicação afinal?

Faz muito, mais não seja ajuda à vitalidade do sistema operativo e principalmente da penUSB, evitando erros de ficheiros corrompidos. Esta ferramenta desliga todas as aplicações que estão activas a partir da pen e prepara o dispositivo USB para ser removido em segurança.

Em segundos, sem qualquer clique a mais, terá pronta a porta USB para puxar a pen e meter a bolso.

Então é usar, clicar e andar?

Nem mais! Principalmente para quem é cuidadoso e utiliza constantemente a pen como auxiliar da sua actividade. São cada vez mais os utilizadores que não deixam os ficheiros e mesmo as aplicações de trabalho nos computadores, preferindo assim transportar sempre consigo as ferramentas de trabalho.

Artigos relacionados:

Licença: Freeware
Sistemas Operativis: Windows XP/Vista/Win7
Download: EjectUSB 1.6 [258.51KB]
Homepage: PAR EjetUSB

Roteador de LEGO

Em Agosto de 2008 0 Guanabara.info publicou a noticia onde um  louco criou um Gabinete todo feito com peças de LEGO. Pois agora, o mesmo louco está de volta, só que dessa vez ele resolveu inventar algo um pouco menor…

Roteador LEGO

O que o “artista” Luke fez foi montar um roteador WRT54GL da Linksys em uma estrutura totalmente feita com LEGO. Veja a seguir o vídeo que mostra o processo de construção.

Fonte: [CrunchGear]

%d blogueiros gostam disto: