Arquivo diário: 25/06/2010

Por que o iPhone 4 branco só chegará em julho

De acordo com uma nota oficial da Apple, a razão para os americanos não verem iPhones 4 brancos nas lojas a partir de amanhã é que eles “provaram ser mais desafiadores de se fabricar do que o esperado”, e só chegarão no meio de julho. E os leitores do Giz explicam a razão.

A nota da Apple, que pouco explicou, só dizia que existia uma dificuldade. Porém, dois comentaristas do Giz americano ajudaram a entender o motivo. Primeiro, um designer confirmou que o processo de fabricação do iPhone 4 branco é mais difícil do que a versão preta:

“O processo para fazer a parte de trás do vidro ficar preta é um processo de eletroformação. Isso cria um acabamento bem resistente e duradouro, além de suave. Para fazê-lo ficar branco, é preciso pintar a parte de trás do vidro com tinta branca. É difícil criar um efeito suavemente opaco com o branco. Além disso, se a pintura branca ficar muito grossa é difícil colá-la no vidro, porque a cola vai prender na tinta, mas a tinta não vai ficar no vidro.”

Porém, depois, um possível funcionário da Apple, que preferiu anonimato, parece ter explicado de vez o problema em outro comentário:

“Na verdade o iPhone branco não é pintado, ele é impresso. Eu não posso dizer quem eu sou por causa do acordo de não divulgação da Apple, mas: as especificações de cor para o branco no novo iPhone são simplesmente malucas. A tolerância que eles estão tentando atingir com o branco é o verdadeiro motivo para o atraso. Como a impressão não é tão controlável, ela não tem a tolerância que a Apple queria para sua especificação de cor. “

[gizmodo]

Google remove aplicativos do Android remotamente por razões de segurança

É engraçado pensar que quando a Apple remove aplicativos da App Store, uma rebelião começa – mas quando o Google remove apps do celular de usuários, apenas algumas reclamações são ouvidas.

O motivo da diferença deve ser porque quando a Apple remove aplicativos, são programas que a empresa não aceita – normalmente aplicativos com algum tipo de controvérsia ou nudez, mesmo que seja um quadrinho baseado no clássico livro Ulisses. Nesse caso, a Apple deixou os donos da HQ editarem as poucas cenas de nudez no aplicativo, mas nem todos têm essa sorte.

Agora, o Chefe de Segurança do Android, Rich Cannings, explicou ao blog Android Developers porque a empresa tem de remover aplicativos do aparelho de vocês.

“Nos casos em que o usuário pode ter instalado um aplicativo malicioso que representa uma ameaça, nós também desenvolvemos tecnologias e processos para remover remotamente aplicativos dos aparelhos. Se um aplicativo for removido dessa forma, o usuário receberá uma notificação em seu celular.”

O sistema surgiu depois que o Google encontrou dois aplicativos gratuitos que “tinham o conteúdo deturpado propositalmente para aumentar o número de downloads, mas eles não foram feitos para serem usados maliciosamente, e não tinham permissão de acessar informações privadas – ou recursos do sistema sem autorização.”

Aparentemente, o publicador do aplicativo (um pesquisador de segurança) removeu por contra própria as duas apps, mas o Google teve de usar seu “sistema para remoção remota” para apagar qualquer rastro de telefones que ainda estavam usando-os. É provável que o Google tenha de usá-lo de novo no futuro, mas eles obviamente agirão rapidamente se eles acreditarem que a segurança dos usuários está em risco. [Android Developers Blogvia Engadget]

[gizmodo]

%d blogueiros gostam disto: