NameBench – Compare a velocidade do seu DNS

A velha discussão sobre DNS volta ao Peopleware. Depois da apresentação do serviço de DNS da Google muito se escreveu por aqui sobre a verdadeira necessidade de estarmos a mudar os IP’s dos servidores de DNS que temos configurados na nossas máquinas.

Mas e mais alguém realizou testes? É que cada caso é um caso e de ISP para ISP as velocidades são muito diferentes! Pois chegou a hora do leitor fazer os seus testes e tirar as suas conclusões. Use o NameBench!

Na altura do lançamento do serviço da Google muitos apontaram o dedo à sua vontade de controlar o mundo cibernético e que este serviço nada traria de novo para os utilizadores comuns. Outros alegaram que era apenas uma questão de velocidade e que não precisamos de mudar pois ou os nossos servidores estão mais próximos e são mais rápidos ou existem outros serviços na Internet mais rápidos que os do Google. Foram inclusive mostrados resultados de testes realizados pelos leitores.

Mas vamos então nós realizar os nossos testes! E para isso vamos usar o NameBench.

Executem a ferramenta e escolham as opções que pretendem que sejam testadas. Tudo se passa na interface geral.

No campo Nameservers devem definir outros servidores que pretendam ver testados. No entanto o servidor que têm definido no vosso PC estará lá definido. Separem os servidores com uma vírgula. Não é aqui que devem adicionar os servidores dos serviços de DNS gratuitos da Internet.

Esses servidores estão já pré-definidos e podem ser seleccionados no campo abaixo, “Include global DNS providers”. Podem, e devem, escolher a opção seguinte, que irá usar os servidores da vossa região (tipicamente o país) nos testes. Caso pretendam, vão ainda verificar se existe algum tipo de censura nos servidores testados. O que não se aplica ao nosso país, mas no entanto podem testar.

No campo “Number of tests” é indicado o número de endereços a serem resolvidos. Naturalmente quanto maior esse número, maior será a duração do teste.

Após as definições basta-vos carregar no botão “Start Benchmark” para que os testes se iniciem. Não é aconselhado que usem muito o acesso à Internet durante estes testes. É uma forma de garantir que os resultados não são influenciados.

Durante o decorrer dos teste é apresentada na janela (canto inferior esquerdo) informação relativa aos testes que vão sendo realizados. No final, e na mesma zona de informação, é apresentado o resultado final do teste, sendo indicado o servidor de DNS aconselhado.

No meu caso, e como podem ver, foi-me indicado que o servidor secundário da Google é o mais rápido, sendo esse o aconselhado.

Mas os resultados não se ficam por aqui. Após o fim do teste é apresentada uma página web com os resultados dos testes ao pormenor!

Como podem ver, e de acordo com os resultados dos testes, o servidor da Google é 7% mais rápido do que o que eu tenho definido e que é o do meu ISP. É ainda apresentada uma configuração óptima e que neste caso teria o Google como servidor primário, o da Telepac como secundário e o actual como terciário.

Mas a informação continua sendo apresentada uma lista dos servidores usados para teste e informação adicional sobre cada um:

  • IP
  • Descrição
  • Nome
  • Tempo resposta
    • Médio
    • Mínimo
    • Máximo
  • Erros
  • Pedidos sem resposta
  • Notas

Mais abaixo são apresentados os gráficos com base nos resultados dos testes efectuados. Os gráficos disponíveis são os seguintes:

  • Tempo médio de resposta por cada servidor testado
  • Tempo de resposta mais rápida de cada um dos servidores testados
  • Distribuição de respostas no tempo (primeiros 200 milissegundos)
  • Distribuição de respostas no tempo (tempo total do testes)

Para terminar a informação disponibilizada é possível ver em detalhe informação variada de cada um dos testes feitos, ou seja, no meu caso, informação dos 200 testes feitos a cada um dos 11 servidores testados. Esta informação por ser demasiado extensa está disponível num ficheiro CSV que podem abrir numa folha de cálculo.

Agora já podem testar e fundamentar a vossa escolha de servidor de DNS que vão usar. Esqueçam os planos de conquista do mundo, esqueçam a concorrência entre prestadores deste serviço. Informem-se, testem o vosso serviço de DNS e usem aquele que vos apresentar os resultados mais satisfatórios! Eu por mim fiquei surpreso por ver que a Google consegue ter respostas mais rápidas (em termos médios) que os servidores nacionais!

Artigos relacionados:

Licença: Apache License 2.0
Sistemas Operativos: Windows/Mac OS/Linux
Download [Windows]: NameBench 1.1 [4.5MB]
Download [Mac OS X 1.5+]: NameBench 1.1 [2.7MB]
Download [Linux]: NameBench 1.1 [2.5MB]
Homepage: NameBench

fonte: pplware

Anúncios

Publicado em 11/01/2010, em internet, Novidades e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: